(45) 3306-7172 Rua Maranhão, 790 - Sala 09 - Edifício Green - Cascavel/PR

PATOLOGIAS /

TENDINITE GLÚTEA

Sabe aquela dor na lateral do quadril?

Ela é mais comum entre mulheres porque a anatomia da pelve feminina é diferente dos homens. Isso faz com que as mulheres tenham uma predisposição a desenvolver inflamação nos tendões do quadril, uma vez que estes estão mais tensos que o normal. A doença é mais comuns em pacientes com pelve larga ou lateral do quadril mais proeminente, o que explica a incidência maior em pacientes do sexo feminino. Outros fatores associados são: alteração de comprimento entre as pernas, esforço repetitivo, sobrecarga de peso, envelhecimento do tendão, fraqueza muscular ou pessoas que fazem atividade física em planos inclinados.

Para não sofrer eternamente com a dor na lateral do quadril, alguns cuidados devem ser tomados:

• Evitar iniciar exercícios físicos sem uma prévia avaliação da estrutura corporal, pois ela pode estar com alguma disfunção;
• Cuidar com o volume do treinamento porque muito volume e disfunção é o casamento perfeição para lesão;
• Evitar passar muito tempo sentado, mas caso esteja trabalhando, levante-se de hora em hora, ande um pouco para mobilizar o quadril;
• Alongamentos para manter um bom comprimento muscular e corrigir alguma diferença entre as pernas;
• Realizar exercícios de equilíbrio;
• Inserir exercícios de impacto de forma gradativa.

Mulheres de 30 a 50 anos têm maior predisposição para o desenvolvimento de Tendinite Glútea.

PERGUNTAS FREQUENTES

Estas informações jamais substituirão a consulta ou a conversa com seu médico, mas são úteis para esclarecer as principais dúvidas. Na Voglia Ortopedia temos uma equipe preparada e motivada para cuidar e apoiar você em suas decisões.

QUE TIPO DE LIMITAÇÃO PASSAM A TER NA VIDA POR CAUSA DA TENDINITE?
Aumento de sensibilidade na lateral do quadril, dor ao deitar-se de lado, subir e descer escadas, permanecer muito tempo sentado ou em pé. O músculo glúteo é responsável pelo equilíbrio do tronco e da bacia ao permanecer em pé, caminhar ou correr, ligando as pernas ao tronco. Caso ocorra a perda deste músculo, por uma lesão grande ou por fraqueza, a pessoa caminha mancando, ou seja, inclinando o corpo para o lado.

Não muito raro, muitas pessoas se conformam com a dor na lateral do quadril e se quer têm o diagnóstico correto da lesão. Entender o porquê do corpo estar dando um sinal de alerta, faz toda a diferença e auxilia na resolução do problema.
E SE A MULHER ESTIVER COM TENDINITE GLÚTEA DURANTE A GRAVIDEZ?
O diagnóstico pode ser feito através da ultrassonografia e pode ser tratado com reabilitação e compensação de musculatura.

Mulheres grávidas não conseguem fortalecer o suficiente a musculatura glútea no período gestacional para compensar o ganho de peso. O que ocasiona um desequilíbrio muscular que culmina com a inflamação do tendão.
HOMENS ESTÃO LIVRES DE TENDINITE DE QUADRIL?
Não, quando acontece a tendinite em homens, deve-se sempre buscar uma causa secundária. Ou seja, outra patologia que esteja gerando a lesão ou desequilíbrio muscular. É muito comum alguma doença na articulação do quadril ou alteração do membro inferior associada.
QUAL EXAME É CAPAZ DE CONFIRMAR AS SUSPEITAS?
Sempre deve ser feito avaliação por um médico para que realize o diagnóstico correto.

A radiografia avalia o formato da pelve e da articulação do quadril. Com ela, pode-se descartar alterações maiores como tumores e artrose, ou revelar alterações de formato que predispõem à tendinite.

Em associação, deve-se realizar ultrassonografia ou ressonância para análise das estruturas dos tendões e músculos.
EM QUAIS CASOS A ÚNICA SAÍDA É A CIRURGIA?
Na minoria dos casos a cirurgia é indicada. A maior parte dos casos está ligada a desequilíbrio muscular e disfunção de musculatura. Por isso, a terapia de reabilitação do quadril com fisioterapia e retirada de vícios de postura ou exercícios errados resolvem a maioria dos casos. Como estas lesões geralmente são crônicas, deve-se ter paciência com o tratamento, pois a melhora não é sentida de imediato.

FALE COM A VOGLIA

Estamos à disposição para mais esclarecimentos sobres os procedimentos realizados na clínica. Envie sua mensagem que em breve retornaremos.

ENTRE EM CONTATO